Uma linda historia escoteira

Uma linda historia escoteira
Era uma vez...

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

PEQUENAS AÇÕES, GRANDES RESULTADOS!



Pequenas Ações, Grandes Resultados

 (desculpem o plágio de grandes empresas pequenos negócios)

Sobre boas ações

Vocês chefes tem lembrando aos jovens sobre boas ações? O que os jovens dizem? Será que isto já é ultrapassado na vida da tropa ou da Alcatéia? Lembro que digo que as boas ações ficam marcadas em nós diariamente. Não estou aqui a comentar a Boa Ação coletiva do grupo na comunidade. Excelente isto, mas não se trata do meu comentário.

Vejamos – Todas as reuniões, durante a inspeção (ela existe – a inspeção - em sua tropa no inicio e no fim de reunião?) é cobrado de cada escoteiro (a) se realizou boas ações na semana e qual a mais marcante. (confiar nele, pois deve ser lembrado que o escoteiro tem uma só palavra e sua honra vale mais que sua própria vida).

No final da inspeção destacar para todos a melhor e que o escolhido seja ovacionado com uma palma escoteira. (Para não tomar muito tempo, o monitor reúne a patrulha antes da reunião e conversa com cada um sobre a boa ação e a patrulha vota a melhor que será apresentada ao chefe durante a inspeção).

Porque isto? Ora, se desejamos formar jovens para uma perfeita integração na sociedade, para que ele seja capaz tanto de participar como colaborar com todos, nada mais natural que desenvolver nele desde o início o hábito da boa ação.

É importante também a boa ação coletiva da patrulha. Esta deve ser estimulada sua realização pelo menos uma vez por mês. No passado isto era feito antes da reunião. A patrulha se reunia em local determinado (tinha sido planejado durante a semana o que fazer, quando e onde) e desenvolvia uma boa ação que era sempre admirada pelos adultos do bairro, e com isto angariando simpatias, fazendo com que ficássemos mais conhecidos e os escoteiros eram sempre comentados como exemplo.

Claro, também não faltava à boa ação da tropa a cada seis meses e a do Grupo Escoteiro anualmente. Vale à pena? Penso que é uma forma de mostrar o Grupo e o Movimento como ele é o que pretende. Isto no passado foi um forma de fazer proselitismo e Marketing e pode também ser no presente. Assunto que abordamos anteriormente.

Lembrem-se que hoje estamos sendo motivo de depreciação por parte de autoridades e da na imprensa, simplesmente porque não estamos presentes. Somos considerados no domínio da Educação, como atrasados e ineficazes. Isto não é verdade, mas como provar ou mostrar o contrário. Só com atividades escoteiras bem planejadas podemos atingir a meta que mudará tudo a nosso respeito.


A moeda da boa ação, (coloca-se no bolso esquerdo, feita a boa ação passa para o direito) o nó no lenço, ou no bolso, (só depois da boa ação desmancha-se o nó) era motivo de orgulho para nós escoteiros. Ajudar a velhinha a atravessar a rua hoje é motivo de piadas, mas de grande valia para nosso crescimento. Isto desapareceu, não vale mais? Acho que não. Não vejo comentários a respeito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário